BLOGGER TEMPLATES - TWITTER BACKGROUNDS »

terça-feira, 4 de agosto de 2009

B


Confesso ter ficado chocada no momento que te ouvir dizer que ia embora... Para mim soou como um "no fim desse ano eu nunca mais vou lhe ver"..., foi como se você fosse morrer..., dor aguda e estranha tomou conta de mim..., eu queria te abraçar e te pedir pra dizer que era mentira..., tentei disfarçar assim como você a dor da notícia..., acho que aprendi essa tática contigo , sempre dar um jeito de rir no meio de um papo sério... foi sem dúvida uma coisa que aprendi com você. Depois que desliguei o celular, ou melhor que a ligação caiu..., pensei pronto agora acabou minha amizade..., mas depois de alguns minutos coisas foram passando pela minha cabeça..., lembranças... Lembranças de que quando estavamos na 8ª série e eu quase chorei..., lembra?, chorei por que tinha certeza que as 3 amizades que tanto me davam alegria naquele instante eu perderia um ano depois...
Lembrei também, de como nós nos viamos todos os dias e era como se nem nos vissemos..., quase não falávamos sobre o que estava acontecendo, eu passava por um momento dificil, mas preferi aguentar sozinha por que pensei que minha amizade com você já estivesse morta...

E principalmente lembrei da forma que o destino me deu uma rasteira te pondo novamente comigo, e principalmente por que pensei..."caramba! o que eu vou falar com ela?", e quando você chegou... no fim do dia pensei "putz! como consegui ficar sem falar cm ela?!"
B, nossa amizade sempre foi muito simples, muito natural, nunca precisou de muito empenho, sempre rolou tão naturalmente como se já nos conhecessemos há anos, isso desde o primeiro dia..., você com sua capacidade de enjoar de todos e eu com a minha irritação com o mundo... e nós descobrindo que somos igualmente imunes a esses nossos defeitinhos... Lembrei de que você chegou na minha vida no momento em que pensei que ninguém mais chegaria, chegou como eu pensei que ninguém chegaria..., e por sua falta de percepção... me salvou de um sofrimento que nem você sabia que existia, me ensinou coisas sem nem saber que você mesma sabia, e sem querer me apresentou as amigas que hoje formam minha outra família...
Lembrei graças a uma pani no celular que botou um monte de mensagens antigas no visor, que você não acreditava que existia amor entre amigos, e que graças a tudo que vivemos, hoje você sabe que existe ...
Lembrei das nossas viagens que ninguém mais suporta além de nós, das suas crises de frescura que ao invés de me irritarem me faziam rir, dos nossos momentos emos, das nossas músicas nas cadeiras, das nossas inseguranças, da forma que a nossa amizade é diferente...[como eu te disse antes das férias..., amo muito todos meu amigos, mas você sabe que contigo é diferente]

Depois dessa mini retrospectiva, percebi que eu deveria ter te dado um soco via celular por perguntar quem eu vou botar no teu lugar..., por que pra mim você é insubstituivel, com você eu penso em voz alta, digo meus maiores delírios com a certeza de que você vai pedir pra ir junto comigo, pra nossa amizade não existe definição...
Você pode ter certeza que poderei ficar muito próxima de algumas pessoas, ter novos amigos, ter mais convívio com outros [o que é natural], mas teu lugar, teu posto de MA vai estar aqui depois de um ano, é só você dizer que quer..., e aí quer?
Nunca acreditei no pra sempre, mas a minha amizade com você é pra sempre, kkkk, pra sempre eu não sei..., mas eu garanto que depois de tudo que passei do teu lado, do tanto que hoje eu te amo, do tanto que você é importante pra mim... a única coisa que vai mudar quando você voltar é que eu vou ficar bem mais feliz em te ver, e ainda te amando mais...
Vou ficar com saudade do teu abraço quem é que vou aparar desse jeito?!, vou sentir tua falta todo dia sentando do meu lado, sentir saudade de falar que estou carente e você me responder "oxi!" e me abraçar, vou sentir falta da carona [ah! isso vou mesmo sentir falta!, kk], sentir falta de te ver indo no banheiro o tempo todo, sentir falta de você virar pra mim do nada e falar"ai Elem!" [com aquela cara de triste, que só eu vejo]...,enfim sentir sua falta... ah! isso eu sentirei muito no inicio tenho certeza..., com o tempo a dor vai diminuir, mas não o amor, vou passar por esse ano sem sua presença, mas não sem tua amizade...sem teu convivio eu consigo, sem a amizade não dá!
Saberás de todas minhas loucuras, de todas as fofocas, faço questão de ficar horas no pc com você, no celular [viva o tim infinity!, kkk], ah! também vou comprar a web pra você não esquecer da minha cara, ainda bm q você já tem a sua tenho problema pra lembrar de rosto lembra?!, kkk
Enfim, sei que vou sentir tua falta, ninguém vai ser capaz de tomar teu lugar, e eu vou amar ficar torrada em Marudá do teu lado, o que eu não faço pelos meus pupilos?!, só sei que você vai voltar e tudo não vai voltar a ser como é agora... mas voltaremos a estar aqui juntas e é isso que importa.

1 comentários:

Samily disse...

nós somos uma família e só quero que entendas o tom definitivo disso...que o amor que sinto por vcs é um tipo de amor que poucas pessoas conseguem sentir por outras pessoas na vida é um amor q não faz concessões e o tipo de amor q se vale a pena viver...e pura e simplesmente felicidade no sentido maior da palavra e do sentimento...e não importa o que aconteça isso ninguem vai poder tirar de nós eu sempre vou poder dizer p quem quiser ouvir ''as minhas amigas são as melhores que eu podia sonhar em conhecer e que elas são o maior bem que eu cultivei na minha vida''é assim q eu vejo o futuro,ao lado de vcs,pq na verdade é assim q sempre foi...a nosssa união sempre foi mais forte e nossos reencontros são a prova viva disso e sempre que eles se repetirem eu sei q vou encontrar os tres sorrissos das minhas 3 melhores amigas...e nesse infinito espaço de tempo eu vou saber que eu estou de volta ao meu porto seguro...a minha paz!